Veja quem brilhou no Concurso Nacional e Internacional de Curitiba

15/05/2017 as 02:45
Entre 9 e 14/05, a comunidade hípica esteve reunida no Paraná para o Concurso Nacional e Internacional de Curitiba, que foi válido também para o Ranking Brasileiro Senior Top e Copa Nacional de Cavalos Novos.
 
No sábado, 13/5, o GP Internacional Cidade de Curitiba movimentou a Sociedade Hípica Paranaense com 35 concorrentes e obstáculos a 1.50 metro de altura. Os 12 melhores voltaram para a segunda e decisiva volta com armação do course-designer internacional paranaense Vailton Jaci Cordeiro, o Baíca.
 
O cavaleiro olímpico paulista José Roberto Reynoso Fernandez Filho, bicampeão brasileiro senior top 2015/2016, fez um percurso cuidadoso em busca do segundo zero e mesmo com uma falta no último obstáculo, em 48s52, garantiu a vitória com o incrível Azrael W. O carioca Tiago Mesquita montando Ellechin Ter Door, dupla com pista limpa na 1ª volta, também cometeu um derrube e sagrou-se vice-campeão em 51s21. O 3º posto ficou com Stephan Barcha apresentando Unforgettable Chevaux, que fechou a 1ª volta com cinco pontos e zerou a 2ª, em 48s67. 
 
Pódio GP Internacional Cidade de Curitiba
 
Campeão José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Azrael W - FPH - 0/4 - 48s52
Vice Tiago Mesquita / Ellechin Ter Door - FEERJ - 0/4 - 51s21
3º Stephan Barcha / Unforgettable Chevaux - FHMG - 5/0 - 48s67
4º Artemus de Almeida / Cassilano JMen - FPH - 5/0 - 48s73
5º Marcello Ciavaglia / Conto RJ - FEERJ - 4/4 - 47s18
6º Alberto Sinimbu / Sharapova - 4/4 - FEHGO - 48s20
 
 
No domingo, as atrações princiapis foram o Clássico, a 1.40 metro, e a Copa Ouro, a 1,30m. O Clássico contou com 55 conjuntos dos quais 20 habilitaram-se ao desempate vencido por Rodrigo Chaves Nunes e Anaconda JMen, conjunto campeão paulista senior 2016, sem faltas e com a ótima marca de 33s62. Ao todo, 10 conjuntos zeraram o desempate e Francisco Musa foi o vice, com 35s34, montando Lara Império Egípcio. Renato Junqueira com Farah Império Egípcio garantiu o 3º posto, 36s98. Todos os três representando São Paulo. 
 
Pódio do Clássico
 
Campeão Rodrigo Chaves Nunes / Anaconda JMen - FPH - 0/33s62
Vice Francisco Musa / Lara Império Egípcio - FPH - 0/35s34
3º Renato Junqueira / Farah Império Egípcio - FPH - 0/36s98
4º Alberto Sinimbu / Quidam Forever - FEHGO - 0/37s32
5º Artemus de Almeida / Cassilero - FPH - 0/37s47
6º Mariana Cassettari / Cehip X-Tra Botupharma - FCH - 0/37s90
 
 
Depois da 4ª e da 5ª posição no GP e no Clássico, Artemus de Almeida chegou ao alto do pódio na Copa Ouro, provando estar em ótima fase. Dos 67 conjuntos inscritos, 19 largaram no desempate, mas Artemus e Chelano - dupla vencedora também da Copa Ouro do Torneio de Verão, em 18/2 - foram os mais rápidos entre os nove concorrentes que voltaram a zerar, com 37s82. Vitor Alves Texeira levou Andorra Império Egípcio ao 2º posto, no tempo de 38s09. Já na 3ª colocação em meio às feras, chegou o jovem talento Thales Marino e sua nova montaria, Princess Emily, parando o cornômetro em 39s07. O trio representa as cores da Federação Paulista de Hipismo. Também por São Paulo, a talentosa amazona Daneli Miron fez uma bem sucedida estreia na Copa Ouro, chegando em 6º lugar com Serenade do Montesec.
 
Pódio da Copa Ouro
 
Campeão Artemus de Almeida / Chelano - FPH -0/37s82
Vice Vitor Teixeira / Andorra Z Império Egípcio - FPH - 0/38s09
3º Thales Marino / Princess Emily - FPH - 0/39s07
4º Luiza Livonius / CRM Busch van het Prinsenveld - FGEE - 0/39s79
5º Alberto Sinimbu / E- Claire - FEGO - 0/39s81
6º Daneli Miron / Serenade do Montesec - FPH - 0/40s09
 
Resultados completos:
 
 
 
FPH com fonte e fotos: CBH / Mundo Hípico