O fim de semana dos cavaleiros brasileiros no exterior

08/07/2020 as 03:04
O número de concursos internacionais vêm crescendo conforme os países vão se recuperando da pandemia e os cavaleiros brasileiros radicados no exterior estão voltando às competições a todo vapor. No último final de semana, entre 1 e 5/7, aconteceram várias classificações brasileiras.
 
No domingo, 5/7, Felipe Amaral com Quinn 33 foi vice-campeão no Internacional 2* Prix de la Ville de Royan, 1.45m, na França. Dos 55 conjuntos, 16 foram ao desempate. Felipe e Quinn 33 cruzaram a linha de chegada com mais um percurso zerado em 40s66. A vitória foi do holandês Leon Thijssen montando Faithless MVDL, sem faltas, 39s62. Na mesma disputa, Pedro Muylaert retornando às pistas com seu Prince Royal MFS foi ao desempate, fechando com uma falta.
 
Philippe Guerdat, técnico do Time Brasil de Salto, acompanhando o desempenho dos atletas Felipe Amaral e Pedro Muylaert na França; img: CBH/ divulgação
 
No Internacional 2* em Vilamoura, Portugal, no sábado, 4/7, Felipe Guinato com Bigstar foi 4º a 1.40m, em duas fases, sem faltas, 32s16. A 1ª colocação foi do português Luis Sabino Gonçalves com Biloba des Chaines, pista limpa, 30s66.
 
Vale lembrar duas importantes vitórias já noticiadas. Na sexta-feira, 3/7, Marlon Zanotelli com VDL Edgar venceu a 1.55 metro, Internacional 5* em St Tropez na França, em que Yuri Mansur com Castaki foi 3º, a 1.50m. Na quinta-feira, 2/7, Eduardo Menezes com Magnolia Mystic faturou a prova de boas FEI, a 1.50m, no Internacional 3* em Tryon, nos EUA. Yuri também garantiu outras boas classificações: o 4º lugar com Ibelle Ask no Internacional 2* no sábado, 4/7, e nesse domingo, 5/7, foi 5º a 1.45m 2* montando Babylotte.  
 
Já no Adestramento, João Victor Oliva fez dobradinha em dois dias de competição no tradicional Concurso Nacional em Golegã, Portugal. No sábado, na St Georges, João Victor venceu com Feel Good VO e garantiu o 2º posto com Husseim VO, respectivamente, com 70,343% e 68,676%. No domingo, João registrou 69,902% montando Feel Good e com Husseim, 67,647%, mais uma vez garantindo o 1ª e 2ª colocação na Inter I.
 
 
Com a fonte: CBH