João Victor Oliva e Feel Good VO vencem no CDI3* de Sintra

31/08/2020 as 01:40
O cavaleiro João Victor Marcari Oliva voltou a se destacar no fim de semana em Concurso Internacional de Dressage (CDI3*) em Sintra, Portugal, montando Feel Good V.O., cavalo de 8 anos de sua própria criação. O atleta paulista de 24 anos venceu no sábado, 29/08, a prova Prix St. George registrando 71,206% de nota média final, e foi vice-campeão na Intermediária I no domingo, 30, atingindo 71,441% na avaliação do seleto júri com quatro juízes de categoria 5 estrelas, o mais alto nível da Federação Equestre internacional (FEI). Maria Caetano apresentando Happy Plus por Portugal foi a vencedora do Intermediária I totalizando 71,618%. 
 
O evento aconteceu no Horse Center Quinta da Beloura, em Sintra, palco da estreia em competições internacionais de João Victor Oliva e Feel Good V.O., em junho, ocasião em que o conjunto venceu as duas provas.
 
Em clique de Rui Pedro Godinho, João Victor Marcari Oliva e Feel Good V.O. durante o CDI3* de Sintra, Portugal
 
Os bons resultados no Small Tour vêm de encontro às expectativas do jovem talento que planeja disputar a vaga olímpica reservada para o Brasil montando um cavalo de sua própria criação. Para tanto, João Victor, que é atleta militar (Sgtº Oliva), segue firme no treinamento em busca de evolução técnica de Feel Good V.O. para as disputas no Grand Prix (Big Tour), prova obrigatória para obtenção de índice olímpico. 
 
João Victor Oliva já tem três índices olímpicos com outra montaria, o Puro Sangue Lusitano F-Aron de Massa. Radicado na Europa desde 2014, no início de 2020 João se transferiu da Alemanha para treinar na Academia Dressage Portugal, em Arruda dos Vinhos, vila localizada no Distrito de Lisboa.
 
Além de cavaleiro e treinador, João Victor divide com o pai, o empresário Victor Oliva, a criação e seleção de cavalos atletas para a Dressage (Adestramento) de raças alemãs e Puro Sangue Lusitano no haras da família, a Coudelaria Ilha Verde, em Araçoiaba da Serra, interior paulista. 
 
 
Com a fonte: Rute Araújo