Paulistas conquistam 3 ouros, 3 pratas e 1 bronze no CBS da Juventude

05/10/2020 as 03:27
Neste sábado e domingo, 3 e 4/10, aconteceram as finais individuais do Campeonato Brasileiro de Saltos da Juventude, na Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro. Foram quase 200 concorrentes nas categorias de alto rendimento, vindos de 10 estados, em disputas acirradas nos percursos armados por Lucia Faria Alegria Simões e Erica Sportiello.
 
Na categoria Mini Mirim (8 a 11 anos - 1.05m) largaram 22 conjuntos e cinco fecharam os quatro percursos sem faltas, habilitando-se a um desempate ao tempo ideal oculto com obstáculos a 1,05 metro de altura. A decisão foi por décimos de segundo e quem mais se aproximou do tempo ideal, divulgado somente ao final da prova, foi o jovem cavaleiro paulista Gaetan Toque, 10, montando o tordilho QH Elvis C, 16 anos. Gaetan, que treina no Centro Hípico Granja Viana, teve 0,91 de aproximação ao tempo ideal de 41s, sem faltas.
 
Gaetan só felicidade no galope da vitória com QH Elvis: "Eu não vim aqui para ganhar, eu vim aqui para me divertir."
 
O vice-campeonato ficou com conjunto da casa Theo Jordão e All Graf, bronze em 2019 no Brasileiro da categoria, com aproximação de 1s12. Já o 3º lugar ficou com o cavaleiro de Minas Bruno Costa que montou Copain. Ambos zeraram o desempate. Em 4º e 5º lugar chegou o premiado Gustavo Limongi com Zafira Utopia e MB Karnak, respectivamente. Campeão Paulista da categoria em 2019 e de Salto Iniciante em 2017 e 2018, ele teve apenas 0s03 de aproximação com Karnak, mas cometeu um derrube.
 
 
Pódio Mini-mirim
 
Campeão Gaetan Toque / QH Elvis C - FPH - 0pp
Vice Theo Seebacher Branco Jordão / All Graf - FEERJ - 0 pp
3º Bruno Dias Cambraia Henriques Costa / Copain - FHMG - 0 pp
4º Gustavo Salek Limongi / Zafira Utopia - FPH - 0pp
5º Gustavo Salek Limongi / MB Karnak - FPH - 0 pp
6º Rafael Naleto Gasparini / GF Catarina - FSHM - 1 pp
 
 
Na categoria Pré-mirim (11 a 13 anos - 1.10m), dos 43 conjuntos que iniciaram a competição, apenas três chegram ao final dos cinco percursos sem pontos perdidos. O catarinense Fillipo Colli e Salamandra Chap Franciska,  conquistou o título com pista limpa em 36s47.
 
A amazona Clara Poggi, 12 anos, vice-campeã brasileira Mini-mirim 2019, honrou as cores de São Paulo com seu fiel Special Ben, 16, terminando sem faltas em 37s89, resultado que lhe rendeu o vice-campeonato. Ela monta na Sociedade Hípica Paulista.
 
Companheiros já há algum tempo, Clara e Special Ben foram vice-campeões
 
O bronze foi de mais uma caterinense, Maria Vitoria Gastão da Rosa, campeã brasileira Mini Mirim 2018, que montando Chronus cometeu uma falta, em 41s33. Os demais ocupantes do pódio terminaram com 4 pontos perdidos e a classificação foi decidida pelo critério de desempate, ou seja, o melhor resultado nos dois percursos finais.
 
Pódio Pré-mirim
 
Campeão Fillipo Colli com Salamandra Chap Franciska- FCH - 0 pp
Vice Clara Duque Poggi / Special Ben - FPH - 0 pp
3º Maria Vitoria Gastão da Rosa / Chronos - FCH - 0 pp
4º Nina Flausino / Cancioneira JMen - FHMG - 4pp
5º Julia Felix / Donatela H20 - FHBR - 4 pp
6º Nina Storrer Müller / Extrato HI - FPrH- 4 pp
 
 
O título da categoria Mirim (12 a 14 anos - 1.20/1.25m) foi decidido em um desempate entre dois conjuntos da FPH sem pontos perdidos no campeonato entre os 18 inscritos. Isadora Vilela, 14 anos, bronze no brasileiro da categoria e vice-campeã paulista em 2019, desta feita conquistou o ouro com a tordilha de apenas 9 anos, Sil For, parando o cronômetro aos 38s70, sem faltas. Isadora é representante da Sociedade Hípica de Campinas.
 
Isadora dedicou o campeonato à sua égua Sil For
 
A medalha de prata ficou então para o bi-campeão paulista de Mini Mirim, João Egoroff e o experiente Wangu Cooper, que entraram primeiro no desempate arriscando tudo e acabaram por cometer dois derrubes no espetacular tempo de 31s47.
 
João e Wangu a caminho do vice-campeonato
 
Raissa Oliveira, também de São Paulo, ficou com o bronze apresentando Libelle Z, com 12pp. Vivian Kang foi 4ª e 6ª colocada com Luna Pullman e Macarena Tok, respectivamente, pela FPH.
 
 
Mirim
 
Campeã Isadora Pastore Resende Vilela / Sil For - FPH - 0 pp
Vice João Malucelli Egoroff / Wangu Cooper - FPH - 0pp
3º Raissa Alfredo Oliveira / Libellez - FPH - 12 pp
4º Vivian Park Kang / Luna Pullman - FPH - 16 pp
5º Mateus Mussi / Cori Calei Guet II - FEERj - 20 pp
6º Vivian Park Kang / Macarena Tok - FPH - 20 pp
 
 
Na categoria Pré-junior (14 a 16 anos - a 1.30/1.35m) foram 51 os participantes. Com a primeira prova sendo julgada pela tabela C, na qual as faltas são convertidas em tempo e os pontos perdidos atribuídos pela classificação, não houve desempate. O vencedor, com 4,40 pp foi o brasiliense João Vitor de Lemos, 15 anos e campeão sul americano Mirim 2019, sobre o dorso de Cristiano JMen.
 
Vice-campeã brasileira e campeã paulista mirim 2019, a amazona Camila de Mendonça, 15, ficou com a medalha de prata apresentando Essenza TW, 11 anos, com apenas 5,62 pp. Atualmente, a amazona representana Sociedade Hípica Paulista.
 
Camila e Essenza voando sobre o rio
 
João Marcelo Santos e Belina da Amoranda saltaram por Pernambuco e ficaram na 3ª colocação com 8,42 pp.
 
 
Pré-junior
 
Campeão João Vitor Gomes de Lemos / Cristiano JMen - FHBR - 4,40 pp
Vice Camila Junqueira Ribeiro de Mendonça / Essenza TW - FPH - 5,62 pp
3º João Marcelo Monte Santos / Belina da Amoranda - FEP - 8,42 pp
4º Luiz Eduardo Requião Strutz / Lassale JMen - FPrH - 9,48 pp
5º João Marcelo Monte Santos / By Ranna Lord Pequin - FEP - 9,42 pp
6º Gabriela Munhoz Ongaratto Furlan / Horse a Porter Cheval HSL Brandy - FPrH - 9,83 pp
 
 
Vinte e um concorrentes largaram na categoria Junior (14 a 18 anos - 1.40/1.45m) e a vitoriosa foi  Maria Luiza Vieira, 17, amazona de São Paulo que atualmente representa a Sociedade Hípica Paulista e montou Acarole do Refúgio, 10. A dupla é multi-premiada: Malu, como é chamada pelos amigos, foi campeã brasileira e bronze no sul-americano Pré Junior em 2019 e campeã sul-americana Pré Junior 2018, e Acarole, que a amazona está montando há pouco tempo, está há vários anos com a família e foi campeã brasileira de Cavalos Novos 8 Anos em 2018 com o cavaleiro Artemus de Almeida, entre outras classificações.
 
Malu e Acarole, campeãs em seu primeiro campeonato juntas
 
Só o zero no último percurso poderia dar o título para Malu e Acarole, que eram líderes e entraram por último. E foi o que elas fizeram: após cometer uma falta no 2º dia, fecharam o campeonato com 13,25 pp. A medalha de prata ficou para o pernambucano João Pedro Chaves e Calanthus JMen com 16 pp.
 
Já a 3ª colocação coube a Antonio da Veiga apresentando Le Care, 22,33 pp. Malu, com sua montaria Arica du Caillou fechou com 17,65 pp, mas conforme a regra, um mesmo atleta não pode ocupar duas posições entre os três primeiros do pódio, e assim ela assumiu a 4ª colocação.
 
Final Junior
 
Campeã Maria Luiza da Silva Martha Vieira / Acarole do Refúgio - FPH - 13,25 pp
Vice João Pedro de Almeida Chaves / Calanthur JMen - FEP - 16 pp
3º Maria Luiza da Silva Martha Vieira / Arica du Caillou - FPH - 17,65 pp
4º Antonio Dorey Correa da Veiga / Le Care - FEERJ - 22,33 pp
5º Antonio Cirne Lima / Quidam Forever - FGEE - 24,98 pp
6º Monique Hubner Busato / Bentley do Refúgio - FPRH - 33,63 pp
 
 
Clínica de alta performance para 3 primeiros do Brasileiro da Juventude e líderes do ranking
 
O campeão, vice-campeão e o 3º lugar do Campeonato Brasileiro de cada categoria, bem como o líder do ranking brasileiro nas respectivas cinco séries Mini-mirim, Pré-mirim, Mirim, Pré-junior e Junior (a ser confirmado após a atualização da contagem de pontos) terão direito a uma clínica de alta performance com o campeão pan-americano Marlon Zanotelli e o técnico do Time Brasil de Salto Philippe Guerdat. A CBH será responsável pela locação do espaço e infraestrutura para atendimento à Clínica, custeio de passagem e hospedagem dos atletas em quartos duplos, hospedagem dos treinadores em quartos duplos e estabulagem dos animais no local de realização da Clínica. A data e o local serão divulgados em breve. Veja o regulamento.
 
 
FPH com info e fotos: Imprensa CBH e Luis Ruas
 
"Federação em Ação"