Dois ouros, três pratas e dois bronzes para a FPH no CBS Amazonas

12/10/2020 as 09:09
Neste domingo, 11/10, aconteceu a finalíssima do Campeonato Brasileiro de Amazonas nas pistas da centenária Sociedade Hípica Paulista. Essa é a única competição do calendário nacional com participação exclusivamente feminina nesse esporte em que a regra é a igualdade de condições entre homens e mulheres. Foram 295 conjuntos vindos de nove estados do Brasil atrás do título individual e por equipes nas séries Amazonas B - 1 metro, Amazonas A - 1,10m, Amazonas - 1,20 metro e Amazonas Top - 1,30m.
 
As representantes da Federação Paulista faturaram duas medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze nos percursos desenhados respectivamente por Gabriel Malfatti e Moisés Silva Pereira nas pistas de areia e grama da entidade.
 
Stephanie Behar e seu grande companheiro Armani rumo à mais uma vitória
 
A dupla super sincronizada, Stephanie Behar e GR Armani, 17, foi a grande campeã na série principal - Amazonas Top - que contou com 30 participantes. O conjunto já havia faturado o título brasileiro Amador Top em 2017 e foi medalha de bronze na mesma categoria em 2016. Stephanie e Armani chegaram ao final do campeonato sem pontos perdidos e foram ao desempate com mais dois conjuntos nas mesmas condições. Sem faltas mais uma vez no desempate, pararam o cronômetro em 41s36.
 
O 2º posto foi da mineira Mariana Frauches e Carthagena, que também manteve o zero em 44s37. Mariana ainda levou sua outra montaria, Dunoville V, ao desempate, cometendo uma falta em 40s53, melhor tempo da prova. Seguindo o regulamento, Mariana cedeu o 3º posto no pódio para a próxima classificada, Jéssica de Sá, que finalizou o campeonato com apenas um ponto perdido pelo Paraná. Mariana e Dunoville ficaram na 4ª colocação, enquanto as paulistas Jordana Laffranchi com Casalana JMen e Giulia Scampini com Keep on Fighting se classificaram na 5ª e 6ª colocações respectivamente, ambas com 4 pontos perdidos.
 
 
Pódio Amazonas Top
 
 
Campeã Stephanie Behar / GR Armani - FPH - 0pp
Vice Mariana Chaves Frauches / Carthagena - FHMG - 0pp
3º Jéssica Carvalho de Sá / Abril Grancentro - FPrH - 0pp
4º Mariana Chaves Frauches / Dunoville V - FHMG - 0pp
5º Jordana Laffranchi / Casalana JMen - FPH - 4pp
6º Giulia Dal Canton Scampini / Keep on Fighting - FPH - 4pp
 
 
Patricia Vianna e Catherine-C JMen conquistaram o título na série Amazonas entre as 65 participantes, pelo Rio de Janeiro. Elas foram ao desempate com mais quatro conjuntos, todos sem pontos perdidos nos cinco percursos do campeonato e voltaram a zerar no melhor tempo, 40s84. A representante da Federação Paulista Ana Carolina Borja foi a vice-campeã montando seu Caprice van de Hermitage, 18, com o tempo de 44s17. A dupla já tinha conquistado o bronze no Brasileiro de Master duas semanas atrás.
 
Carol Borja e seu fiel Caprice em salto perfeito
 
O restante do pódio foi quase todo ocupado pelas meninas de São Paulo: em 3º lugar, Bruna Cervelati que montou Garfield Cooper, sem faltas, 46s62; em 4º, Francis Berl com Land X do Feroleto; e na quinta colocação chegou Lara Ozores e Risketou Tok.
 
Bruna Cervelati e o belo Garfield Cooper
 
 
Pódio Amazonas
 
 
Campeã Patricia Watt Vianna / Catherine-C JMen - FEERJ - 0pp
Vice Ana Carolina Borja de Almeida / Caprice van de Hermitage - FPH - 0pp
3º Bruna Tarallo Libetini Cervelati / Garfield Cooper - FPH - 0pp
4º Francis Berl / Land X do Feroleto - FPH - 0pp
5º Lara Ozores de Souza / Risketou Tok - FPH - 0pp
6º Maria Eduarda Pacheco / Vanyth SH - FPrH - 1pp
 
 
Apenas três das 90 amazonas da série 1,10 metro chegaram ao final do campeonato sem penalidades. A vitoriosa foi a jovem paulista Isabella Molinari, 21, que conduziu o experiente Ravell Vila Fal, 17 anos, ao melhor tempo no desempate novamente sem derrubes, em 35s97.
 
Isabella comemora com Ravell, mais um cavalo muito experiente que acompanha sua amazona ao alto do pódio
 
Também por São Paulo, Mayara Messias e L'Esprit zeraram o desempate em 38s68, sagrando-se vice-campeãs brasileiras da série Amazonas A. O 3º posto coube à mineira Marina Villaça, que cometeu uma falta no desempate em 37s86, com Agatha Aragom.
 
Mayara e L'Esprit em clique para a posteridade
 
 
Pódio Amazonas A
 
 
Campeã Isabella Rodrigues Molinari / Ravell Vila Fal - FPH - 0pp
Vice Mayara Toledo Messias / L'Esprit - FPH - 0pp
3º Marina Villaça de Almeida / Agatha Aragom - FHMG - 0pp
4º Malva Abreu Rolla / Bertha RJ - FEERJ - 1pp
5º Kamila Miksza Ribas Prestes / Uca das Cataratas - FPrH - 2pp
6º Marianna de Barcellos / Desiree RJ - FEERJ - 4pp
 
 
Ainda mais disputada foi a série Amazonas B, com 110 participantes, cuja campeã foi Valentina Gonçalves montando Risling do Rioacima, pelas cores de Minas Gerais. Valentina, de apenas 13 anos, venceu o desempate ao tempo ideal contra nada menos que 17 concorrentes sem faltas no campeonato. Sua aproximação de 0s07 ao tempo de 60s deu-lhe a medalha de ouro.
 
Clique das vice-campeãs Bianca e Hannah
 
Bianca Andrade, 20, e SL Hannah, 13 anos, trouxeram para São Paulo a medalha de prata com sua aproximação de 0s14 ao tempo ideal. O bronze também veio para São Paulo pelas mãos de Renata Ferreira e Afrodite Método, 0s19 de aproximação.
 
 
Renata e Afrodite ficaram com o bronze
 
 
Pódio Amazonas B
 
 
Campeã Valentina Gonçalves / Risling do Rioacima - FHMG - 0pp
Vice Bianca Andrade / SL Hannah - FPH - 0pp
3º Renata Ferreira Lima / Afrodite Método - FPH - 0pp
4º Isabel Zattar Tonello / Vanilla Sky - FCH - 0pp
5º Fernanda de Oliveira Diehl / Larinera JMen - FEERJ - 0pp
6º Victoria Vendramin / Ivana Itapuã - FPrH - 0pp
 
 
 
 
FPH com fotos: Luis Ruas e Fernando Faciole
 
"Federação em Ação"