Andrea Muniz vence GP Internacional do CSN D'Dezembro

14/12/2020 as 09:16
No domingo, 13/12, o GP Bulova, válido pela final do ranking senior top 2020 e liga sul-americana para a final da Copa do Mundo 2021, encerrou o Internacional CSI-W D´Dezembro, no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo. Saltando em casa, a amazona baiana Andrea Guzzo Muniz Ferreira montando Quivala garantiu a vitória no GP, a 1.40/1.60m, idealizado pela course-designer internacional Marina Azevedo.
 
Andrea agradece Quivala no galope da vitória
 
O GP, 1.40/1.60m, disputado em duas voltas estava extremamente difícil e Andrea com Quivala largou na frente com apenas uma falta na 1ª passagem, em que a 2ª melhor marca foi de três conjuntos com 12 pontos, equivalentes a três derrubes. Dos 14 conjuntos, 10 voltaram para a 2ª volta. Última em pista, Andrea e Quivala, um sela francês de 16 anos, levantaram a torcida com percurso sem faltas, 65s07, resultado que lhe garantiu esse importante título. Curiosamente, essa foi a primeira vitória de uma amazona em um GP do nível senior top (rendimento máximo) desde abril de 2019 em solo brasileiro, quando Karina Johannpeter venceu o GP Internacional SHP Open, nesse que é o único esporte olímpico em homens e mulheres competem em condições de igualdade.
 
Sagrou-se vice-campeão do GP Marcello Ciavaglia montando GR Garuda, que também zerou a 2ª volta e fechou com os 12 pontos trazidos da 1ª passagem, em 61s47. Com esse resultado, Marcellinho fechou a temporada como vice-campeão do ranking brasileiro senior top, repetindo o mesmo resultado de 2019 quando também foi vice-campeão brasileiro e do ranking da categoria.
 
Marcello Ciavaglia, vice campeão do ranking brasileiro senior top
 
Já a 3ª colocação foi do pentacampeão brasileiro senior top e cavaleiro olímpico José Roberto Reynoso Fernandez Filho montando Cornet Dor JMen, de apenas 8 anos, sem faltas na 2ª volta, em 65s47, fechando com os 13 pontos perdidos da primeira passagem. Resultado que rendeu ao cavaleiro de 40 anos nada menos que o heptacampeonato do ranking senior top 2007/2008/2015/2016/2018/2018/2020.
 
José Roberto na conquista de seu sétimo ranking senior top
 
"Estou super feliz, há muito tempo que não tinha um cavalo para esse nível de prova com essa qualidade. Tenho muito a agradecer além de todo meu time, principalmente aos donos do cavalo Hélio Gil e Luiggi Lettiere, e ao Flavinho Martinez que trabalhou o cavalo desde novo e fez um excelente trabalho", destacou a campeã Andrea, 45, que começou a montar Quivala há pouco mais de um mês e comentou sua estratégia.
 
Andrea e Quivala em espetacular salto
 
"Na 2ª volta, busquei ir com a maior tranquilidade que eu pudesse e manter o zero. Eu sei que é um cavalo poderoso e tentei que o nervosismo e a ansiedade do momento não tomassem conta para saltar com a mesma tranquilidade do primeiro percurso", destacou a campeã que disputou sua primeiro GP do ranking senior top nessa temporada 2020. "Saltar um GP desse nível é como andar de bicicleta, a gente não esquece (rs..). Com um cavalo dessa qualidade, coração e poder fica mais fácil fazer o nosso serviço. Vencer dentro de casa é uma maravilha, todos os meus amigos estão aqui. Apesar da pandemia, a diretoria do CHSA fez um grande trabalho esse ano encerrando com um concurso espetacular."
 
A disputa distribuiu 120 mil reais, incluindo um carro Renault Kwid 0 km que coube a campeã Andrea que ainda foi premiada com um relógio feminino Bulova. O campeão do ranking brasileiro José Reynoso também receberá um 0 km oferecido pela Confederação Brasileira de Hipismo.   
 
GP World Cup Qualifier e Final Ranking Brasileiro Senior Top 
 
Campeã Andrea Guzzo Muniz Ferreira / Quivala - BRA - 4/0 - 4/65s07
Vice Marcello Ciavaglia / GR Garuda - BRA - 12/0 - 12/61s47
3º José Roberto Reynoso Fernandez / Cornet Dor JMen - 13/0 - 13/65s47
4º Leandro Moschini / Valentino - ARG - 16/0 - 16/58s77
5º Guilherme Dutra Foroni / Clueso 5 - BRA - 16/8 - 24/60s73
6º José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Daddy Cool JTH - BRA - 20/4 - 24/62s14
 
Resultado completo
 
 
 
 
Fonte CHSA; fotos: João Markun